Jinchuuriki

Apesar de demônios e hospedeiros existirem na série desde o primeiro capítulo do mangá, os conceitos de Bijuu e Jinchuuriki só foram abordados diretamente no início de Naruto: Shippuuden, quando Chiyo de Sunagakure no Sato define os termos (capítulo 256; episódio 12 do Shippuuden). O enredo da série passou a girar em torno dos demônios e seus hospedeiros desde entăo.

jinchuuriki

Definiçăo

Bijuu (尾獣, literalmente “besta com caudas”) é um termo proveniente de uma conhecida lenda japonesa sobre uma guerra que existiu entre esses monstros. Em Naruto e Naruto: Shippuuden, as bijuu são formas de chakra extremamente poderosas que assumem a aparência de demônios com caudas. Existem nove delas, cada uma com um número específico de caudas: Ichibi(Uma Cauda), Nibi (Duas Caudas), Sanbi (Três Caudas), Yonbi (Quatro Caudas), Gobi (Cinco Caudas), Rokubi (Seis Caudas), Shichibi (Sete Caudas), Hachibi (Oito Caudas) e Kyuubi (Nove Caudas).

Por serem criaturas com imensa capacidade de destruiçăo, vários clăs e vilas ninja tinham a ambiçăo de utilizá–las como armas. {spoiler} Foi logo após a fundaçăo das vilas ninjas que Senju Hashirama, o Shodai Hokage – conhecido pela capacidade de domar os demônios – distribuiu as bijuu entre as vilas ninja, como uma forma de estabilizar o balanço de poder entre as potęncias{spoiler}.

Quando livres, esses demônios eventualmente atacam e destroem agrupamentos humanos, e são classificados como “fenômenos naturais”, calamidades imprevisíveis. É raro haver um ser humano capaz de controlar uma bijuu em sua forma completa – {spoiler} os únicos casos conhecidos são Senju Hashirama e Uchiha Madara, sendo que esse último só manipulava a Kyuubi através do Sharingan {spoiler}– e por isso os ninjas precisaram criar outra forma de conter e utilizar as mais poderosas criaturas de seu mundo.

Foi assim que nasceu o conceito de Jinchuuriki (人柱力, literalmente “poder do sacrifício humano”). Como era quase impossível encontrar alguém que manipulasse as bijuu completamente liberadas, os ninjas encontraram meios de aprisionar os demônios em outros seres humanos, na esperança de torná–los armas temidas perante todas as outras nações shinobi. E, de fato, os jinchuuriki tornaram–se seres que inspiram terror – tanto nos inimigos quanto nos aliados.

As bijuu, como massas de chakra absurdamente poderosas, exigem muito sacrifício para serem contidas, geralmente tirando a vida de alguém durante o processo de aprisionamento. Além disso, assim que se encontram seladas em um ser humano, seu chakra começa a interferir na natureza do hospedeiro, seja fundindo–se à energia do jinchuuriki ou alterando sua fisionomia. Enquanto isso confere às vilas ninjas a principal vantagem em se ter um jinchuuriki, isto é, poder utilizar o chakra e as habilidades características da bijuu, a verdade é que ter um demônio poderoso no corpo torna os hospedeiros instáveis.

Essa instabilidade pode alterar a personalidade deles, ou mesmo fazê–los atacar amigos e inimigos indiscriminadamente. Aliando isso à destruição que as bijuu causaram aos humanos ao longo dos tempos, os jinchuuriki acabaram se tornando alvo do ódio e do desprezo dos ninjas, inclusive de seus aliados.
Lista de Bijuu e seus Jinchuuriki

Uma Cauda
Bijuu: Ichibi, também conhecido como Shukaku
Jinchuuriki: Sabaku no Gaara (Godaime Kazekage)
Filiação: Sunagakure no Sato
Status: O jinchuuriki foi capturado pela Akatsuki e teve sua bijuu extraída, mas sobreviveu
Habilidades da Possessão: Além de manipular areia à vontade, Gaara pode iniciar o processo de transformação na bijuu se concentrando e fazendo um breve ritual. De início, seu corpo toma apenas a forma parcial do demônio, mas Gaara pode liberar a bijuu em sua forma completa se entrar em estado de sono profundo. O jinchuuriki também adquiriu controle o bastante sobre o demônio para ser capaz de invocar apenas os braços do Shukaku, como mostrado na luta contra Deidara.

Diz–se que Suna no Shukaku era, originalmente, o espírito corrompido de um monge do deserto que foi aprisionado dentro de uma “chaleira”. Não foi explicado como esse espírito transformou–se em uma bijuu, mas é certo que Sunagakure sempre usou o demônio para criar jinchuuriki e fortalecer seu poderio militar. O último hospedeiro do Ichibi foi Sabaku no Gaara, filho do Yondaime Kazekage. Foi Chiyo quem realizou o fuuinjutsu para inserir o demônio no garoto, quando ele ainda estava na barriga da mãe. O nascimento de Gaara custou a vida da progenitora.

Como jinchuuriki, Gaara obteve algumas vantagens: além de possuir uma reserva de chakra notável, possuía um escudo automático de areia, manipulado pelo Ichibi. Todas as vezes em que era atacado, a areia o protegia imediatamente, independente de Gaara querer ou não. No entanto, esse poder tinha um preço alto: Gaara não podia dormir, ou seria completamente sobrepujado pela consciência do demônio e deixaria Shukaku agir por conta própria, tendo sua personalidade consumida por ele.

O Shukaku de Naruto é baseado no tanuki, um animal japonês comumente associado à travessuras e ao transformismo. A menção à “chaleira” e ao sacerdote corrupto também deriva dos contos sobre tanuki. Fora isso, as “olheiras” muito largas e escuras contornando os olhos de Gaara são uma clara referência à aparência do tanuki (o próprio Shukaku, em sua forma completa, é semelhante ao bicho); e o vaso de areia que o jinchuuriki carrega nas costas está presente em algumas das lendas sobre o guaxinim nipônico.





Duas Caudas
Bijuu: Nibi, também conhecido como Ikiryou, “Fantasma Vivo”
Jinchuuriki: Nii Yugito (Jounin)
Filiação: Kumogakure no Sato
Status: Capturado pela Akatsuki
Habilidades da Possessão: Na forma liberada, Yugito era capaz de causar grande destruição e lançar esferas de fogo espectral nos inimigos.


Influenciado pela lenda do Nekomata – um gato tão velho que sua cauda se dividiu em duas, que manipulava os mortos como marionetes e era associado a acidentes com fogo – o Nibi de Naruto, em sua forma de bijuu, parece um felino fantasma e é capaz de cuspir enormes bolas de fogo. Yugito, a jinchuuriki, possui um rosto levemente felino.





Três Caudas
Bijuu: Sanbi
Jinchuuriki: Yagura (Yondaime Mizukage)
Filiação: Kirigakure no Sato
Status: Capturado pela Akatsuki

A lenda que serviu como base para a criação do Sanbi foi, provavelmente, a do Suppon no Yurei, o espírito de uma tartaruga comida que assombrava os três homens que se alimentaram dela; ou o Umibozu, um monstro marinho que assume a forma de uma tartaruga. O Sanbi de Naruto lembra uma tartaruga com tentáculos em sua forma de bijuu. Quando foi capturado, estava livre de seu jinchuuriki. Deidara da Akatsuki afirma que uma bijuu com um jinchuurikide mente fraca, ou sem hospedeiro, não passa de um monstro descontrolado. Yagura, o último jinchuuriki do Sanbi antes da captura, era o Quarto líder da Vila Oculta da Névoa. Ao que parece, esse Mizukage estava sendo manipulado por uma ilusão atribuída a um Uchiha - mais precisamente, Uchiha Madara.





Quatro Caudas
Bijuu: Yonbi
Jinchuuriki: Roushi
Filiação: Iwagakure no Sato
Status: Capturado pela Akatsuki
Habilidades da Possessão: Dominar as cinco naturezas de chakra; fundir Doton e Katon para formar Youton, que é “lava”.

O pouco que se sabe dessa bijuu é que ela era capaz de manipular todos as cinco Naturezas Primários de Chakra – Katon, Suiton, Doton, Raiton e Fuuton – e que passou essa característica para seu jinchuuriki. Ao dominar essa habilidade, Roushi conseguiu fundir Doton e Katon para formar um novo elemento, Youton (Lava). A bijuu era capaz de lançar lava pela boca.

É pertinente mencionar que, nas lendas japonesas referentes à Guerra entre os Demônios com Cauda, o Yonbi (também conhecido como “Kaku”) era sempre relacionado a veneno. O bijuu conhecido pela manipulação dos cinco elementos era o Gobi. Como a maioria dos fãs assumiu que Masashi Kishimoto estava embasando os demônios de Naruto nessa lenda, houve uma grande confusão quando o mangá atribuiu os cinco elementos ao Yonbi ao invés do Gobi. O autor informou em um fanbook que o design do bicho foi inspirado em um gorila, no Son Goku de Dragon Ball, e no Goku das lendas chinesas.



Cinco Caudas
Bijuu: Gobi
Jinchuuriki: Han
Filiação: Iwagakure no Sato
Status: Capturado pela Akatsuki

Não se sabe quase nada sobre eles, além da aparência do demônio, que é um cruzamento de um cavalo com um golfinho, e o fato de Han, seu jinchuuriki, lutar utilizando vapor.







Seis Caudas
Bijuu: Rokubi
Jinchuuriki: Utakata
Filiação: Kirigakure no Sato
Status: Capturado pela Akatsuki

Não se sabe quase nada sobre eles, além da aparência do jinchuuriki - que parece estar vestido para um velório - e sua técnica baseada na utilização de bolhas de sabão.







Sete Caudas
Bijuu: Shichibi
Jinchuuriki: Fuu
Filiação: Takigakure no Sato
Status: Capturado pela Akatsuki

Masashi Kishimoto baseou o design dessa bijuu em um inseto, usando suas asas como as caudas do demônio. Sua jinchuuriki, Fuu, é a única outra mulher, além de Yugito, entre os nove hospedeiros.







Oito Caudas
Bijuu: Hachibi
Jinchuuriki: Killer B
Filiação: Kumogakure no Sato
Status: O jinchuuriki foi capturado pela Akatsuki, mas fugiu antes de ter a bijuu extraída
Habilidades da Possessão: Assim como Naruto, Killer Bee fica envolto no chakra borbulhante em forma de caudas quando usa diretamente a energia do Hachibi. A diferença entre eles é que Bee tem pleno controle sobre esse chakra – tanto que é capaz de se transformar na forma completa de sua bijuu e ainda manter a consciência. O jinchuuriki também provou que, quando o hospedeiro e o demônio entram em consenso, podem se ajudar durante as lutas: o Hachibi cancelou o genjutsu que Sasuke lançou contra Bee, e os dois até separaram uma parte do corpo do demônio como isca, para poderem escapar do Time Taka.

Enquanto todos os fãs da série esperavam Kishimoto usar a lenda do Yamata no Orochi – parte importante na história da Guerra entre as Bijuu – o autor de Naruto usa um conto completamente diferente para basear o Hachibi. Ao invés de Orochi (que, como o nome já demonstra, está mais relacionado ao Orochimaru do que a qualquer outro personagem da série), Kishimoto usou como referência o Ushi–Oni que, assim como muitos outros monstros japoneses, é um demônio marinho, e tem a cabeça de um touro no corpo de uma criatura cheia de tentáculos. O Hachibi de Naruto tem a cabeça de um touro com um chifre inteiro e outro quebrado, um par de patas e oito tentáculos como caudas.
Foi revelado que Hachibi e Killer B têm uma relação amigável. De fato, eles parecem até mesmo gostarem um do outro e já foi, inclusive, definido como o jinchuuriki perfeito.





Nove Caudas
Bijuu: Kyuubi, ou Kyuubi no Youko
Jinchuuriki: Uzumaki Naruto (Genin)
Filiação: Konohagakure no Sato
Status: O jinchuuriki nunca foi capturado pela Akatsuki e ainda mantém a bijuu
Habilidades da Possessão: A dimensão dos poderes que a Kyuubi confere a seu hospedeiro ainda está longe de ser medida. Naruto possui cem vezes mais chakra do que qualquer ser humano comum, se aproveitar sua condição de jinchuuriki sem ser influenciado diretamente pelo demônio. Infelizmente, até o presente momento, o garoto só é capaz de usar essa imensa reserva de chakra com a ajuda de Yamato e do colar do Shodai Hokage (que foi destruído durante sua luta contra Pain). Se Naruto começa a usar o chakra da Kyuubi sem nenhum intermediário, a raposa passa a influenciá–lo constantemente com o Manto da Raposa, uma camada de chakra borbulhante que envolve o corpo do hospedeiro como uma segunda “pele”.

Esse miasma vermelho é uma faca de dois gumes. À primeira vista, parece ser muito últil, servindo como uma armadura de chakra para o jinchuuriki e protegendo–o dos impactos e golpes diretos, bem como funcionando como um mecanismo de ataque independente – garras e caudas se estendendo para atingir os adversários e ajudando na imprevisibilidade dos ataques. No entanto, o chakra da Kyuubi que forma esse Manto é muito mais agressivo que o chakra comum de um ser humano, destruindo e regenerando a pele do jinchuuriki o tempo inteiro. Como as células humanas têm um tempo de vida definido, esse processo constante de regeneração diminui a expectativa de vida do hospedeiro.

Essas características do Manto da Raposa tendem a ser mais e mais agravadas à medida que Naruto é influenciado pela bijuu, mais precisamente a cada “cauda” que brota no chakra do demônio. A resistência da defesa e a potência do ataque são elevados significativamente de acordo com o número de caudas; em compensação, a destruição e recriação de células também acelera e causa muito mal ao organismo do hospedeiro. Ferimentos causados pelo manto são muito difíceis de curar, porque o chakra demoníaco persiste no machucado.

E existe ainda mais um agravante: quanto mais caudas Naruto libera, mais selvagem e descontrolado se torna, perdendo noção de si mesmo aos poucos. Quando alcança as quatro caudas, além de se tornar uma miniatura da Kyuubi, o garoto perde completamente a consciência e ataca inimigos e aliados indiscriminadamente. Nessa forma, Naruto é capaz de cuspir um ataque devastador de chakra bruto. Em seis caudas, um exoesqueleto se forma ao redor do hospedeiro, e ele fica ainda mais poderoso. Naruto já chegou a liberar até a oitava cauda da bijuu, mas sem qualquer controle sobre si mesmo e adquirindo a aparência quase que completa da raposa.
Fora isso, a possessão da Kyuubi confere uma aparência animalesca ao jinchuuriki que, quando influenciado por ela, fica com os olhos vermelhos, as pupilas dilatadas, garras e caninos protuberantes e marcas nas bochechas muito mais profundas do que o normal, além de passar a andar como um quadrúpede.




A Raposa Demônio de Nove Caudas é o bijuu mais poderoso da lenda que conta a Guerra dos Demônios Com Caudas, e foi o demônio que inspirou a criação da Kyuubi no Youko de Naruto, tanto em aparência quanto em poder. Na série, o personagem principal, Uzumaki Naruto, teve a bijuu selada em seu estômago pelo fuuinjutsu Hakke no Shiki Fuuin, usado pelo Yondaime Hokage – que teve o trabalho extra de dividir o chakra da Kyuubi em dois, para que a energia negativa (yang) do demônio pudesse se fundir naturalmente ao próprio sistema de chakra de Naruto enquanto a positiva (yin) foi selada com o fuuinjutsu. Infelizmente, Naruto ainda não consegue dominar a Kyuubi da forma como Killer Bee consegue controlar o Hachibi, e o selo que mantém a raposa presa está enfraquecendo gradualmente.

A influência da raposa sobre o protagonista da série é notada em diversos aspectos, como os três pares de riscos nas bochechas (semelhantes a bigodes de raposa), a mania que Naruto tem de pregar peças nas pessoas, e a infame “cara de raposa” que o garoto mostra vez ou outra. Quanto mais o jinchuuriki usa a o poder da bijuu, mais parecido com ela o rapaz fica

Nenhum comentário:

Postar um comentário